segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Esqueça que eu jamais te esquecerei

É do jeito que tem que ser
Eu sinceramente não sei mais o que fazer. Tenho vontade de sumir, de nunca ter nascido, as coisas acontecem de um modo tão rápido que nem podemos aproveitar.
Eu sei que errei, e errei em te amar. Não devia ter feito o que eu fiz, mas fiz, mesmo sabendo do final, queria voltar atrás e desejar que nunca tivesse acontecido.
O meu céu que sempre foi azul e sem nenhuma nuvem, hoje está nublado e chovendo.  A noite que sempre foi estrelada, está sumindo. E tudo está ficando escuro de mais.
Tô cansada de passar por isso, não é a primeira vez, e eu não quero mais isso, vou sumir pra algum lugar distante, perdida por aí. Mas o problema nem é isso. O problema é que só consigo ficar bem com você do meu lado, como se eu necessitasse disso. E eu sei que no fundo não preciso, mas como mentir pro coração?
Pensar em desistir, pode ser covardia, e é. Eu garanto. Mas fazer o que se já perdemos todas as forças para continuar?
Posso parecer sempre tão bem, tão viva, tão alegre, mas isso é só porque ninguém é capaz de me desvendar, e saber o que realmente sinto, por dentro.
Talvez a solidão seja a melhor opção. Mas sempre precisamos de um amigo pra deitar no colo e chorar. Querendo sentir só a presença de alguém ali do lado.
Estou arrependida de um dia ter te amado.
Desculpe.
Esqueça de que um dia te amei de verdade.

19:44m.

A pedidos do Thiago Fracassi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário