sábado, 23 de abril de 2011

Por de baixo do sorriso, eu escondo minhas lágrimas.

"Eu estive sempre aqui, você que sempre fez questão de não ver"
É isso que eu digo toda noite á mim mesma deitada na cama, rezando para que amanhã ele olhe pra mim e diga: ó, é você.
Será que ele se lembra de mim? Será que ele se lembra do quanto eu fiz por ele? Será que ele sabe que mesmo eu sendo assim, feliz, sorridente, alto-estima, eu choro toda noite por lembrar que ele me deixou? Será que ele sabe o porque das minhas lágrimas? Será que quando ele me vê ele sabe porque sou tão querida com ele? Será?
Não. Ele não sabe. Se soubesse estaria comigo todos os dias pra poder ter uma lembrança diferente. Se soubesse, ele estaria comigo pra eu não chorar todas as noites. Se soubesse estaria comigo para trocar minhas lágrimas de tristeza pela as de emoção. Se soubesse ele seria meu.
É, mas ele não sabe o quanto valor dou a ele, ao invés daquelas mulheres que o deixam feliz por uma noite, eu o deixaria a vida toda.
Mas enquanto ele não sabe disso, eu vou por aí, sorrindo e cantando, pra esconder debaixo do canto as lágrimas que cada vez que pingam no chão, mostram que estou com os pés no chão e tenho forças pra continuar.

POST DEDICADO À LUANA O. MENDES.

Um comentário:

  1. Muito interessante o blog !
    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir